segunda-feira, 5 de setembro de 2016

O secretário de Marcello Caetano, professor da Escola Colonial desde 1946



Joaquim Moreira da Silva Cunha (1920-). Professor auxiliar de ciência jurídica e administrativa da Escola Superior Colonial desde 16 de outubro de 1946. É o primeiro docente nomeado, depois da reorganização de Marcello Caetano, de quem era secretário (Decreto-Lei nº 35 885). Doutor em direito. Os críticos chamam-lhe o fungão. Ministro do ultramar, desde 19 de março de 1965 a 7 de novembro de 1973. Passa, a partir de então, a ministro da defesa nacional, até 25 de abril de 1974seremos seu formal assistente no ISCSP, na cadeira de Acordos Internacional do Comércio, podendo garantir a meticulosidade de trabalho. Tê-lo-emos como arguente na nossa dissertação de doutoramento, onde detetou inúmeros erros, mas não deixará de manifestar sentido jocoso, quando ao acusar-nos de não apresentarmos uma conclusão para a tese. Responderemos com uma citação que de Antoine Saint-Exupéry, sobre a não conclusão de qualquer obra e logo receberemos a ironia de ele dizer: não foi esse que morreu num acidente aéreo? Desejamos-lhe melhor sorte…